TI-59


RPN - Reverse Polish Notation

        Algebricamente, as operações de multiplicação e divisão têm prioridade sobre as operações de soma e subtracção - por exemplo: 1 + 2 x 3 = 7. Por outro lado, a utilização de parêntesis hierarquiza a concretização algébrica das operações - por exemplo: (1 + 2) x 3 = 9.

        Enquanto que uma calculadora comercial não respeita a álgebra (1 + 2 x 3 = 9), as calculadoras científicas prevêem a utilização de parêntesis e a hierarquia das operações.

        Respeitar a álgebra nos anos '60 significava gastar importantes recursos dos equipamentos electrónicos. Daí que a HP adoptou um método aritmético inventado pelo matemático polaco Jan Lukasiewicz que, eliminando os parêntesis e a hierarquia operacional, deixa ao operador a tarefa da necessária reconversão algébrica. Para isso a tecla [=] é substituída por uma tecla [Enter] e as operações passam a ser introduzidas no final da entrada dos dados - por exemplo 1 + 2 x 3 = 7: 1 [Enter] 2 [Enter] 3 [Enter] x + (resultado 7); ou (1 + 2) x 3 = 9: 3 [Enter] 2 [Enter] 1 [Enter] + x (resultado 9).

        Curiosamente, os utilizadores desta estranha lógica, depois de a assimilarem, consideram-na ascética e irresistível. Enfim, preferências...

        Para os devotos da lógica RPN, continuam a existir calculadoras com esta possibilidade de operação, em particular da Hewlett Packard.

« Apresentação »     « Propósito »     « Índice »     « Portal »     « Calculadora TI-59 »