TI-59


Construção de um programa na TI-59C

        Um programa é introduzido pelo teclado da calculadora depois desta ser colocada, pela tecla [LRN], no modo de 'aprendizagem'. Concluída a introdução da sequência de operações pretendidas e abandonado o modo de 'aprendizagem' novamente pela tecla [LRN], o programa é gravado pela tecla [Save] num local à escolha e com um nome à escolha. A calculadora dará ao ficheiro a terminação '.t59'.

        Havendo dados também para gravar, tal será feito pela sequência N [2nd] [Write] num local à escolha e com um nome à escolha. A calculadora dará ao ficheiro a terminação '.dat' e o número N será deliberadamente escolhido de acordo com o bloco de memórias de dados que se pretende efectivamente gravar:

            Bloco N  -     4          3          2          1            0

            Memórias -  0 a 29   30 a 59   60 a 89   90 a 119   0 a 9999

        Não há inconveniente em escolher sempre o bloco N=0 (totalidade das memórias) salvo se, posteriormente, se pretender carregar apenas o conjunto indispensável de memórias mantendo as restantes sem alteração na calculadora.

        As instruções do programa são criadas à parte e podem conter texto (ficheiro '*.txt') e imagem (ficheiro '*.bmp'). Estas instruções vão aparecer ao lado da calculadora mediante opção acedível pela tecla [Setup] e em alternativa à impressora mediante um clique. Para tal é necessário que estes ficheiros sejam colocados junto ao programa e com o mesmo prefixo.

        A maneira mais prática de criar novas instruções é abrir instruções existentes, trabalha-las de modo a resultarem conforme pretendido e grava-las de seguida com o nome do programa. Os ficheiros '*.txt' podem ser abertos com programas do tipo Bloco de Notas e os '*.bmp' com programas do tipo Paint.

        Os nomes dos ficheiros de texto devem terminar em CZ, ENG ou GER porquanto o emulador é capaz de distinguir até 3 ficheiros de texto diferentes e escolher o correspondente à linguagem para a qual o computador está preparado (CZ para checo; ENG para inglês e GER para alemão).

        E já está!  O programa está completo e pronto a circular e a poder ser introduzido em qualquer outra TI-59C, à semelhança dos cartões magnéticos da antiga TI-59.

        O programa fica acedível pela tecla [Load] e as memórias de dados pela sequência N [INV] [2nd] [Write].

        Veja-se aqui o exemplo 'Ilha do tesouro' e a sugestão de arrumação dos ficheiros. O ficheiro complementar 'Leia-me.txt' destina-se apenas a informação extra.

 

« Apresentação »     « Propósito »     « Índice »     « Portal »     « Emulador TI-59C »     « Programas »